Quando a gente pensa que sabe todas as respostas,vem a vida e muda as perguntas

30
Jun 06

Todos se recordarão da polémica que suscitou a chamada “central de comunicação “do governo do PSD. Creio que foi há sensivelmente dois anos. O resultado é conhecido: interesses a mais e profissionalismo a menos. Os governantes de então devem pôr os olhos no actual governo e aprender como as coisas se fazem e bem feitas.São rádios (com a sempre TSF), são televisões(com a RTP à cabeça) e jornais (sobretudo os ditos de referência). Acordamos com a agenda do governo e adormecemos com o governo em agenda.E sempre em banda larga.

 

publicado por José Manuel Constantino às 12:04

29
Jun 06

Fernando Ruas, Presidente da Câmara Municipal de Viseu e da Associação Nacional dos MunícipiosPortugueses "passou-se".Deve reconhecê-lo e apresentar desculpas.Desabafos e reacções menos felizes todos as temos.Os responsáveis e dirigentes políticos não são excepção.O que está dito, dito está.Importa avaliar a atitude perante o que se disse.É que ,por vezes, tão grave quanto o erro é não termos a humildade de o reconhecer.O resto é o habitual folclore político aproveitado pelas circunstancias.

publicado por José Manuel Constantino às 11:11

28
Jun 06

Está de parabéns a Bulhosa Livreiros pelo novo conceito de livraria aplicado aos seus espaços comerciais. O recém inaugurado espaço no Oeiras Parque é um exemplo de simplicidade e sobriedade aliadas ao bom gosto. Até o silêncio, esse parceiro indispensável à fruição de uma boa leitura, está presente e dá uma ajuda.

publicado por José Manuel Constantino às 09:57

27
Jun 06

Activistas portugueses vão correr pelas ruas de Pamplona na próxima semana apenas com um lenço ao pescoço e chifres de plástico, num protesto nudista que deverá juntar mil pessoas contra as largadas de touros naquela cidade espanhola. Acreditando na genuinidade do protesto, porquê nus? E estando nus, onde vão colocar os chifres de plástico?E porquê de plástico?

 

publicado por José Manuel Constantino às 17:22

26
Jun 06

O envolvimento emocional que o dramatismo de uma competição desportiva arrasta nem sempre nos dá o distanciamento necessário para com isenção avaliarmos as peripécias de um jogo de futebol. O tempo dá-nos a frieza que o imediatismo  dos comentários porventura não permitem.O Portugal - Holanda foi um jogo carregado de emotividade onde o árbitro não esteve bem no que foi acompanhado por jogadores de ambas as equipas. Venceu quem marcou e lutou para defender a vitória. Felizmente foi Portugal.

 

publicado por José Manuel Constantino às 18:23

25
Jun 06

"O nosso objectivo deve ser este: superar obstáculos burocráticos inúteis; simplificar os procedimentos administrativos; reduzir os prazos de resposta; eliminar as formalidades dispensáveis,os requisitos absurdos,os falsos instrumentos de controlo que verdadeiramente ninguém utiliza."Não posso estar mais de acordo com estas palavras do  Primeiro-Ministro.

publicado por José Manuel Constantino às 18:14

23
Jun 06

A SIC gastou 7 de milhões de euros para ter as transmissões do Mundial de futebol em canal aberto mas não conseguiu ganhar, até à data, a liderança das audiências. A RTP que mesmo sem transmissões enviou cerca de 50 profissionais para a Alemanha mantém a posição que já tinha antes do Mundial. A TVI lidera as audiências mesmo sem dedicar ao evento uma atenção especial. A manter-se esta tendência –as quebras de venda dos desportivos não foram compensadas com o Mundial – concluir-se-á que a overdose informativa sobre o Mundial(um jornal como o Público dedicava ontem as suas primeiras dezassete páginas(!) a escrever sobre o Mundial) teve efeitos opostos aos previstos.

publicado por José Manuel Constantino às 18:58

22
Jun 06

O Presidente da República de Timor, Xanana Gusmão, enviou ao Primeiro-ministro, Mário Alkatiri, uma carta acompanhada de um vídeo instando-o a que se pronunciasse sobre o conteúdo nele incluso e dando-lhe duas alternativas: ou se demite ou é demitido. E marca um prazo de resposta:17 horas do dia 20 de Junho. Não satisfeito divulgou a carta à imprensa internacional. O que dizer de tudo isto? Que relacionamento institucional é este?Estranho país, estranha democracia e estranhas pessoas. Cada vez tenho mais dificuldades em perceber o se passa em Timor, que interesses movem as sua elites políticas, qual é a razão de cada um dos lados e a que fim vai conduzir tudo isto.Mas uma coisa parece certa:o mais prejudicado é o povo timorense. 

publicado por José Manuel Constantino às 08:56

21
Jun 06

O Presidente da República considera que um provedor para as pequenas e médias empresas podia ajudar a desbloquear as ineficiências da administração pública. Uma espécie de “guichet”onde se recebessem as queixas e se resolvessem as questões burocráticas. Deixando de lado a modernidade da imagem do”guichet” e tendo o Governo anunciado um conjunto de medidas de aumento da eficiência do funcionamento da administração pública que sentido tem propor a criação de mais um órgão em nome da ineficiência da mesma? Ou as medidas anunciadas pelo Governo não são consideradas suficientes pelo Presidente da República?

publicado por José Manuel Constantino às 08:57

20
Jun 06

Muitos dos constrangimentos que a sociedade portuguesa enfrenta não têm origem no Estado pelo que é pura perda de tempo querer encontrar as respectivas soluções a partir dele e por consequência sobre quem governa. Mas, de quem governa, espera-se que governe bem o mesmo é dizer que cumpra a missão para que está mandatado. Mais do que gastar tempo a falar do que os outros devem fazer o importante é que faça. Inovação? Empreendedorismo ? Capacidade competitiva? Com certeza. O melhor apoio e estímulo que o Estado pode dar à sociedade portuguesa é começar por aplicá-lo a si próprio e à respectiva administração pública. Não há melhor retórica que um bom exemplo.

publicado por José Manuel Constantino às 08:54

Junho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
17

18
24



Autor: JOSÉ MANUEL CONSTANTINO
pesquisar
 
blogs SAPO