Quando a gente pensa que sabe todas as respostas,vem a vida e muda as perguntas

30
Jul 08

O incómodo causado com o dinheiro que a televisão publica gastou para ter o exclusivo das transmissões televisivas do futebol é bem menor que o ocorrido perante os contornos do negócio. Comprou não a quem detém os direitos do espectáculo, a Liga Profissional, mas ao intermediário, a Oliverdesportos, que previamente os comprou à Liga. Nada que incomode a autoridade reguladora da concorrência.

publicado por José Manuel Constantino às 22:01

23
Jul 08

A petrolífera Sonangol é já a maior accionista de um banco privado português. A petrolífera é uma empresa do Estado Angolano. O Estado Angolano, passa a ser, através da Sonangol o maior accionista de um banco privado português. Banco privado português cuja liderança pertencia até há pouco ao único banco do Estado Português.Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és.

publicado por José Manuel Constantino às 16:59

22
Jul 08

O ex-director da PJ, Alípio Ribeiro, não se conteve e vai daí toca de dar opinião sobre o arquivamento do caso Maddie. Ou seja, malhar no Procurador-geral da República. O seu sucessor na PJ não se ficou e vai de responder. E iniciou-se mais uma novela agora sobre os escombros de um caso que não deixa ninguém bem na fotografia: quem conduziu as investigações, quem investigou e  até quem jornalísticamente tratou o assunto.Será que alguém aprendeu com tão lamentável ocorrência ?

publicado por José Manuel Constantino às 12:47

21
Jul 08

Há já uns dias que umas dezenas de famílias ciganas acamparam em frente à Câmara Municipal de Loures. Recusam-se a ir para as casas que lhe estão atribuídas invocando razões de segurança. E pedem outras casas. E rejeitam a segurança que lhes é garantida. Se em vez de ciganos fossem trabalhadores de uma empresa encerrada ou gente que trabalhou e não recebeu salário e  que se manifestassem daquela forma, ainda não tinha sido reposta a legalidade pública? O que receiam as autoridades? Ser acusadas de preconceito étnico? Mas é precisamente por preconceito étnico que evitam o que é a sua obrigação: fazer cumprir as leis do país.

publicado por José Manuel Constantino às 11:22

18
Jul 08

O FMI disse aquilo que muitos em Portugal têm dito. Na deterioração da situação económica portuguesa os factores determinantes são “domésticos”e não de ordem externa. Prevejo que vão cobrar ao governo por andar a dizer precisamente o contrário. Convém que nessa cobrança se não esqueçam os “especialistas” que por tudo quanto é comunicação social têm vindo a papaguear a linguagem e os pontos de vista do governo. De resto talvez seja higiénico recordar as palavras visionárias do ministro da economia que dá pelo nome de Manuel Pinho que em Setembro de 2007  afirmou que a “economia portuguesa está no bom caminho para uma retoma sólida”.Pela mesma altura Filipe Vieira dizia que o Benfica tinha “ a melhor equipa dos últimos  dez anos”.O que prova que não são apenas os  publicitários que são uns exagerados.

 

 

publicado por José Manuel Constantino às 10:33

17
Jul 08

Leio que Robert Murat se prepara para ser indemnizado por alguma imprensa inglesa como modo de o ressarcir das consequências que envolveram a ligação da sua pessoa ao desaparecimento de Maddie. Não sei qual vai ser o despacho final da Ministério Público em relação ao caso e se confirma ao notícias insertas no Expresso de que a constituição como arguido de Murat resultou de uma suspeita pouco trabalhada e fundamentada. Mas se  confirmar o que se diz como se avaliam as consequências na vida daquele cidadão de uma precipitação ou de um erro na avaliação judicial? E com são reparados os danos causados?

publicado por José Manuel Constantino às 10:20

16
Jul 08

É uma a pena não ter sido agendada  uma semana antes a conversa de ontem de Vitor Constâncio sobre o cenário económico que se nos apresenta para os próximos tempos . Não que o Banco de Portugal seja pródigo em acertar no que prevê. Não que não estejamos habituados a que tenha, mais tarde, que corrigir, sempre em baixa, as suas previsões. Mas o debate parlamentar sobre o estado da Nação bem podia ter recolhido o benefício dos elementos agora conhecidos. E o debate teria sido menos sobre o estado da Nação e mais sobre o estado em que a Nação pode vir a ficar. É que o pior pode ainda estar para vir.

publicado por José Manuel Constantino às 15:58

15
Jul 08

O estilo e o modo  como publicamente se expressa afastam –no dos termos formais e austeros que caracterizaram a maioria do seus  antecessores. E provavelmente marcam um registo onde se não revê a aristocracia da advocatura. Mas o Bastonário da Ordem dos Advogados disse alguma mentira a propósito dos tribunais, das magistraturas e dos seus sindicatos?

publicado por José Manuel Constantino às 10:32

14
Jul 08

Os incidentes de Loures revelam que a convivência entre vários grupos étnicos não é um processo simples e isento de dificuldades. Mas o mais inquietante nem sequer são essas dificuldades/conflitualidades. É a crescente facilidade com que se tem acesso a armas de fogo que não são propriamente destinadas para  caçar. A sensação com que se fica, a que recentes apreensões mais confirmam, é que nesta matéria o país está incontrolado. E, isso sim, é preocupante.

publicado por José Manuel Constantino às 16:43

11
Jul 08

Esta manhã a rádio informa que várias centenas de pessoas permaneceram horas em filas para garantir a compra de um aparelho que dá pelo nome de "iPhone 3G”, que será seguramente uma necessidade urgentíssima, bem de primeiríssima necessidade cuja aquisição não pode esperar mais e que dará ao País o estímulo e a felicidade decisivas à modernização tecnológica .E testemunho as razões que apresentam para um exercício semelhante ao dos miúdos para comprar o último livro do Harry Potter, das adolescentezinhas para o concerto dos Tokyo Hotel ou das fãs do Tony Carreiras. Acredito que o tempo que esperaram não lhes custa. Mas provavelmente metade do tempo que gastaram à espera do aparelhozinho seria motivo de incómodo numa qualquer repartição pública à espera de ser atendido. E dou por mim a perguntar: sou que já não compreendo este mundo ou é este mundo que se recusa a ser compreendido?

publicado por José Manuel Constantino às 10:31

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
19

20
24
25
26

27
28
29
31


Autor: JOSÉ MANUEL CONSTANTINO
pesquisar
 
blogs SAPO