Quando a gente pensa que sabe todas as respostas,vem a vida e muda as perguntas

29
Ago 08

Perante um aumento da criminalidade, designadamente de assaltos e roubos, o governo responde com promessas de alterações às leis e com uma mediatização de acções policiais de grande envergadura. Não colocando em causa a oportunidade de umas e de outras, fico sempre com a dúvida se umas e outras não são o expediente fácil para esconder a má aplicação das leis que existem, a má organização e planeamento no combate ao crime das equipas e forças policiais e a ineficácia dos diferentes sistemas de segurança adoptados. Quando se assalta um tribunal e se leva a caixa Multibanco porque o sistema de alarme não funcionou e o equipamento de vídeovigilância estava desligado o que é que tanto descuido tem a ver com legislação?  

publicado por José Manuel Constantino às 10:33

26
Ago 08

Em Verões anteriores eram os incêndios que enchiam as noticias. Neste Verão são os assaltos. O fogo é diferente mas o sentimento de insegurança permanece. E parece que veio para ficar.

publicado por José Manuel Constantino às 16:45

25
Ago 08

Seis espanhóis nos dez primeiros lugares da Volta a Portugal onde só entram três portugueses. Em Espanha as bicicletas são mais “rápidas” ? Os especialistas em medicina não são verdadeiros “médicos sem fronteiras”? O ciclismo não deixa de ser uma metáfora da vida. No que valemos quando comparados com os espanhóis. Mesmo copiando-os.E no crescimento quando assente em bases falsas. Coisa que ninguém parece querer encarar a começar pelos seus próprios responsáveis.

publicado por José Manuel Constantino às 12:53

21
Ago 08

Um grande atleta e um grande campeão. Olímpico e do mundo. Uma justa recompensa a um treinador (João Ganço) com uma vida dedicada ao desporto e ao atletismo.

publicado por José Manuel Constantino às 16:40

20
Ago 08

O carácter errático da avaliação das políticas desportivas - públicas e associativas - é um “ersatz” da insuficiência e da fragilidade do “pensamento político-desportivo”. Revelam a qualidade das elites que pensam e governam o desporto. São também a crise do próprio desporto e da abordagem aos seus paradigmas de organização e desenvolvimento. Foi assim após o cisma de Barcelona. Menos em Sidnei e em Atenas. Houve medalhas e as expectativas eram mais baixas. Agora é o que se conhece. Servirá para alguma coisa que permita melhorar o futuro? Ou tudo se esvanece com o início dos campeonatos de futebol?

 

publicado por José Manuel Constantino às 16:53

19
Ago 08

A sensação com que à distância se fica e conhece o que se vai passando apenas pelo que a comunicação social revela é que não são só os resultados que não aparecem. É também um excesso de declarações e de decisões parte das quais , nesta altura, e independentemente da sua razoabilidade, pouco ajudam e só complicam o que não  está a correr bem. Se no campo das competições as coisas são o que se conhece o modo como se aborda a comunicação social revelam que as insuficiências e debilidades se não ficam pelas competições.De resto somos um país que passa com facilidade do oito para o oitenta, como aqui  se escreve num texto de enorme lucidez e oportunidade.

 

publicado por José Manuel Constantino às 15:44

18
Ago 08

Até ao lavar dos cestos ainda é vindima. Qualquer avaliação que se pretenda fazer à participação portuguesa nos Jogos Olímpicos é prematura. Bons resultados podem ainda surgir. Mesmo sabendo-se que dificilmente os objectivos desportivos contratualizados pelo Comité Olímpico com o Estado (5 classificações de pódio/medalhas; 12 classificações correspondentes a diplomas (8ºlugar);e dezoito modalidades desportivas presentes nos J.O.) dificilmente serão alcançados. Tudo o resto do comportamento dos atletas ,aos critérios de selecção /preparação, aos apoios concedidos o rigor é inimigo da precipitação. E o rigor pede tempo e distanciamento.

publicado por José Manuel Constantino às 16:46

14
Ago 08

O PSD precisa de relação humana diz Ângelo Correia. Porque quando se tem um opus ensemble diminuem as tensões, profetiza. Pacheco Pereira acha que o partido está feudalizado e que senhora que lidera os vários feudalismos faz bem em não ir à festa que já foi em Faro e agora é na Quarteira essa bela terra exemplo da pujança e da visão estratégica do poder local.Ir lá é correr o risco que correu Marques Mendes e ouvir das boas. O politico/cantor/poeta que organiza o evento afirma que “a política não mete férias”.É uma pena, digo eu, porque pelo menos estávamos a salvo, por uns tempos, de tão profundas e inquietantes preocupações sobre o nosso futuro colectivo.

publicado por José Manuel Constantino às 10:53

12
Ago 08

"Tenho a língua presa ao maxilar inferior, o que me provoca grandes dificuldades quer para comer quer para falar. Se o meu serviço na Segurança Social é fazer atendimento ao público, desde a abertura até ao fecho, como posso trabalhar?"pergunta um funcionário público de 54 anos atingido por uma doença do foro oncológico e a que a junta médica da Caixa Geral de Aposentações se recusa a conceder a reforma antecipada. Há algum tempo o governo sentiu-se obrigado a alterar a composição destas juntas médicas tal era a arbitrariedade das suas decisões. Não deve ter chegado.Talvez valesse a pena  auditar o trabalho destas juntas, que se escudam na legislação para esconder avaliações de natureza médica, tantas são as decisões que se tornam incompreensíveis para o comum dos mortais. E já agora conhecer a opinião da Ordem dos Médicos sempre tão atenta e zelosa ao bom cumprimento da profissão. Tem a Ordem alguma opinião sobre os comportamentos profissionais dos seus colegas das juntas?

publicado por José Manuel Constantino às 16:32

11
Ago 08

Não há trégua olímpica que possa ser invocada para suster o conflito entre a Rússia e a Geórgia. O valor económico do petróleo fala mais alto. Ou melhor, o transporte do dito. O evoluir da situação o confirmará. Mas tudo parece apontar para algo mais que um simples conflito regional.

publicado por José Manuel Constantino às 18:19

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
15
16

17
22
23

24
27
28
30

31


Autor: JOSÉ MANUEL CONSTANTINO
pesquisar
 
blogs SAPO