Quando a gente pensa que sabe todas as respostas,vem a vida e muda as perguntas

30
Set 09

Se o país já não estava bem, ontem, ficou pior. E ninguém sai bem na fotografia. Os superiores interesses do país são uma mera figura de retórica. E ao partilhar publicamente e de forma tão insólita o que lhe vai na alma, Cavaco Silva trocou a política pelo confessionário. E no limite revelou que a dimensão dos assuntos do Estado e da intervenção presidencial podem baixar ao nível da incomodidade pessoal causada pelo que dizem este ou aquele deputado, esta ou aquela estratégia de cerco político.O jogo que ontem abriu tem consequências imprevisiveis.Para os que os jogam.Mas acima de tudo para o país. 

 

publicado por José Manuel Constantino às 11:30

29
Set 09

Várias semanas depois será desta que o assunto é enterrado? Aguardemos pelo final do dia e por aquilo que senhor Silva tem para dizer. E ficarmos a saber se o assunto está morto e como morreu, se está vivo mas é filho de pais incógnitos.

publicado por José Manuel Constantino às 12:32

28
Set 09

e bem podem agora comparar o número de votos e de deputados. Porque se politicamente não houve um vencedor absoluto , houve um derrotado absoluto: o PSD.

 

 

publicado por José Manuel Constantino às 11:34

25
Set 09

Sério e delicado é este trinta e um em que o PR se meteu ou deixou que o metessem. E não bastando o que já se conhece surge mais um informador de Belém a lançar achas para a fogueira.

publicado por José Manuel Constantino às 13:38

23
Set 09

Esses casos de que se tem falado, e sobre o quais não tenho elementos suficientes para me pronunciar, em nada prejudicam a campanha do PSD», disse ontem Manuela Ferreira Leite a propósito do afastamento de Fernando Lima. Convém não esquecer para depois não haver desculpas.

publicado por José Manuel Constantino às 14:52

22
Set 09

Cavaco Silva prometeu não  intervir na campanha eleitoral. Mas interveio. E da pior maneira possível: estando calado e correndo com o assessor de imprensa. E se este  parece não ter estado à altura das suas responsabilidades o que dizer de Cavaco Silva? Provavelmente que se perdeu a ultima entidade de quem se poderia esperar equilíbrio, prudência e bom senso.E que as trapalhadas não são um privilégio de Santana Lopes.

publicado por José Manuel Constantino às 11:31

21
Set 09

É um negócio fluorescente em situações complexas. E em momentos de incerteza .E há-as  para todos os gostos.  Incluindo este.

publicado por José Manuel Constantino às 13:04

18
Set 09

Por aí se dizia que a seguir à Manuela Moura Guedes o próximo alvo seria o José Manuel Fernandes. Não sei se é verdade ou mentira. O certo é que a notícia do Diário de Notícias bate no PR e a seguir ricocheta no Director do Publico. Não me recordo de um órgão de comunicação social de um grupo económico e com outros interesse no espaço mediático ter ido tão longe sobre um outro órgão e um outro grupo económico concorrentes. Iniciou-se uma nova versão do jornalismo de investigação: um jornal investiga as fontes de outro órgão. Resta saber se com a ajuda de alguma loja, de algum infiltrado ou de alguma réplica nacional da cracker Lisbeth Salander. Parece que a seguir às eleições o PR vai tentar saber. Tentar disse ele.

publicado por José Manuel Constantino às 14:54

17
Set 09

A propósito da compra de votos há sempre uma história ainda por contar….ou versões actualizadas de uma prática mais comum do que se imagina.

publicado por José Manuel Constantino às 16:06

16
Set 09

Barroso ganhou. Não tanto como esperava. Mas com margem mais do que suficiente. E sem concorrente opositor. O que é preocupante. E que diz muito sobre a dimensão projecto europeu.Contentam-se com pouco. É do tempo que vivemos.Como no futebol escasseiam os goleadores.E na política a falta de qualidade e de alternativa às lideranças não é um problema exclusivamente nacional.

publicado por José Manuel Constantino às 12:31

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
19

20
24
26

27


Autor: JOSÉ MANUEL CONSTANTINO
pesquisar
 
blogs SAPO