Quando a gente pensa que sabe todas as respostas,vem a vida e muda as perguntas

10
Out 12

Como em tudo na vida há coisas que se podem pensar, mas não se devem dizer. E se isso é verdade para cada um de nós, vulgares cidadãos, mais o é para quem exerce funções públicas no Estado. A Ministra da Justiça, que não é propiamente alguém que tenha a necessária contenção verbal que se espera do titular de um elevado cargo públco do Estado, ainda para mais, numa pasta como a da justiça, afirma que Joana Marques Vidal inaugura uma nova era no Ministério Público. Deselegante para quem sai. E preocupante face ao que se passou. Sempre imaginei que o Ministério Público pautasse a sua ação pelo cumprimento estrito da legalidade e na defesa dos direitos, liberdades e garantias dos cidadãos.Mas afinal parece poder haver na sua atuação estados de alma e novas eras.

publicado por José Manuel Constantino às 10:56

Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

14
15
16
20

21
23
24
25
27

28
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Autor: JOSÉ MANUEL CONSTANTINO
pesquisar
 
blogs SAPO