Quando a gente pensa que sabe todas as respostas,vem a vida e muda as perguntas

29
Out 12

As palavras têm o dom de viver como que adormecidas e de um momento para o outro acordarem-nos para o seu significado. Convivemos com elas até um dia em que elas nos desassossegam. As palavras ou os seus emissores? Em Janeiro, Alberto João Jardim falou da necessidade de refundação da república e ninguém lhe ligou. Nos últimos dias Pedro Passos Coelho falho da refundação do acordo com a troika mas o que quis dizer foi a necessidade de refundação do Estado. E enquanto um, Antonio José Seguro, diz que não sabe bem o que ele pretende dizer com o que disse, outro, Marcelo Rebelo de Sousa, entende que ele nunca devia ter dito o que disse. Pois eu entendo que o problema da refundação é anterior. Não apenas é necessário refundar a República, e com ela o papel do Estado e das suas missões como é necessário refundar a social-democracia. Por uma razão bem evidente: as formações partidárias que dela se reivindicam deixaram de corresponder ao respetivo ideário. Ou não?

publicado por José Manuel Constantino às 15:38

Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

14
15
16
20

21
23
24
25
27

28
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Autor: JOSÉ MANUEL CONSTANTINO
pesquisar
 
blogs SAPO