Quando a gente pensa que sabe todas as respostas,vem a vida e muda as perguntas

16
Abr 12

Os direitos sociais não surgiram do acaso e resultaram de um processo civilizacional complexo. Num momento de crise e de dificuldades financeiras em que se questiona a existência de meios para garantir alguns desses direitos há o risco de se olhar para eles como se de privilégios se tratasse. E como tal dispensáveis. Que se não confunda um privilégio, que pode ser legítimo mas que é pertença de alguns, com os direitos que são de todos. E se os primeiros se podem dispensar, os segundos não.

 

publicado por José Manuel Constantino às 17:54

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

15
17
21

22
24
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Autor: JOSÉ MANUEL CONSTANTINO
pesquisar
 
blogs SAPO