Quando a gente pensa que sabe todas as respostas,vem a vida e muda as perguntas

25
Abr 12


38 Anos depois. Mais velho, porventura com menos idealismo. E uma boa menor dose de radicalismo. Mas feliz por ter vivido uma fase ímpar da história do meu país.Com muita emoção. Roubo ao Gonçalo M. Tavares o pedaço de um texto: tanto o vento como o sentir da paixão não mudaram e são os mesmos, naqueles tempos e agora. E hoje apetece-me repetir a palavra de ordem que então tantas vezes proferi: a luta continua!

publicado por José Manuel Constantino às 14:53

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

15
17
21

22
24
27
28

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Autor: JOSÉ MANUEL CONSTANTINO
pesquisar
 
blogs SAPO