Quando a gente pensa que sabe todas as respostas,vem a vida e muda as perguntas

07
Fev 06
Não fosse o medo e o petróleo e os governos europeus não tinham que se agachar perante o fanatismo religioso dos fundamentalistas islâmicos responsáveis por parte significativa do terrorismo que grassa no mundo.
Mas não. Uma simples caricatura de um profeta, perfeitamente aceitável à luz dos critérios de liberdade ocidental, é motivo, não para a crítica, o que se aceitava, mas para uma onda de destruição, violência e morte, inqualificáveis à luz de qualquer critério racional.
Estamos assistir a uma lenta mas progressiva apropriação e destruição dos valores ocidentais, em nome de uma lógica de respeito por uma religião que na sua dimensão fundamentalista, ela própria não aceita os outros e as outras religiões. O que se nos está a pedir é tolerância para com os intolerantes. Uma intolerância que destrói, vandaliza e mata. Ser tolerante é, objectivamente , pactuar com este estado de coisas. Os governos europeus não têm que pedir desculpa.
É de lamentar a ausência de firmeza perante esta forma de terrorismo organizado, sob a capa de crença religiosa. O que se lamenta é que, quase se critique quem fez e publicou as caricaturas, já lá vão quatro meses,e se tenha hesitado em denunciar desde logo aqueles que, a pretexto da situação, vandalizam interesses ocidentais. Como se fosse equivalente uma decisão editorial livre, ainda que discutível, com a bestialidade do fanatismo.
Quero viver sobre regras e critérios ocidentais, com liberdades e direitos cívicos. Não quero viver sobre a coacção do terrorismo, do fanatismo e da ditadura religiosa, seja ela qual for.
O que espero do meu governo e dos governos europeus é firmeza e solidariedade para com a Dinamarca e a Noruega na luta contra o fundamentalismo religioso. Não é a capitulação, o medo ou a cedência perante esta ameaça às liberdades públicas na qual se inclui a crítica às religiões.

E.T.O comunicado do Ministro dos Negócios Estrangeiros, Freitas do Amaral,envergonha Portugal e os europeus.


publicado por José Manuel Constantino às 08:49

Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
18

19
25

26
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Autor: JOSÉ MANUEL CONSTANTINO
pesquisar
 
blogs SAPO