Quando a gente pensa que sabe todas as respostas,vem a vida e muda as perguntas

03
Out 06

Nas eleições presidenciais no Brasil o actual presidente e de novo candidato Lula da Silva teve mais votos em 2006 que os que havia recolhido em 2002.Número que, contudo, não foi suficiente para ganhar as eleições à primeira volta. Lendo a imprensa portuguesa  a explicação encontrada para ter ganho a primeira volta das eleições, mas sem margem suficiente para não ter necessidade de uma segunda volta tem a ver com a reacção do eleitorado aos casos que envolveram o seu partido e a sua governação, política e eticamente reprováveis. Fica por explicar como Lula apesar desses factos acabou por ganhar a eleição e o eleitorado censor dessas práticas elegeu Collor de Melo e Paulo Maluf condenados por corrupção e parte significativa dos envolvidos no mensalão e na “máfia das sanguessugas”.Reduzir a motivação do eleitorado a critérios morais dá este resultado: o que se aplica a uns, deixa de poder ser aplicado a outros. E reduzir a política a uma espécie de moral em exercício deixa sem explicação porque uns ganham e outros perdem.

publicado por José Manuel Constantino às 16:24

Outubro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

15
21

22
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Autor: JOSÉ MANUEL CONSTANTINO
pesquisar
 
blogs SAPO