Quando a gente pensa que sabe todas as respostas,vem a vida e muda as perguntas

07
Mai 12

A fiscalidade portuguesa vem assumindo um papel negativo na economia…….Ao invés de favorecer uma actividade económica forte e sustentável, o actual sistema fiscal virou-se predominantemente para maximização da arrecadação de receita, ignorando os efeitos sobre a economia. Acabando por não servir nem a economia, nem as finanças públicas……. 

Em relação ao aumento das receitas fiscais, o esforço será feito sem aumento de impostos, baseando-se na melhoria da eficácia da administração fiscal, do combate à economia informal e à fraude e evasão fiscal, o que permitirá um alargamento da base tributável….A austeridade não deverá afectar o rendimento real disponível dos grupos mais desfavorecidos da nossa sociedade (nomeadamente pensionistas). 

O que deixamos à apreciação e ao escrutínio dos Portugueses resiste a qualquer teste de avaliação ou credibilidade. Tudo o [que] se propõe foi estudado, testado e ponderado. Consequentemente, as propostas são para levar a cabo e as medidas são para cumprir…….Também nisso queremos ser diferentes daqueles que nos governam e que não têm qualquer sentido de respeito pela promessa feita ou pela palavra dada. Assumimos um compromisso de honra para com Portugal. E não faltaremos, em circunstância alguma, a esse compromisso.

 

(Programa do PSD para as Legislativas de 2011)

publicado por José Manuel Constantino às 11:19

04
Mai 12

No seu habitual espaço de comentário na TVI 24, Luís Marques Mendes exultou com o facto de o grande acontecimento do 1º de Maio não terem sido as comemorações sindicais, mas as promoções do Pingo Doce. E aproveitou para classificar os sindicatos como entidades que não conseguem mobilizar os trabalhadores e com um discurso a que ninguém liga. Não me parece muito responsável desvalorizar e malhar nos sindicatos. Em momentos de crise social grave é bem preferível que as lutas, reivindicações e manifestações dos trabalhadores sejam enquadrados pelos sindicatos que por quaisquer outros grupos ou organizaçôes espontâneas. E os sindicatos são como os governos e os comentadores políticos :são os que temos.

publicado por José Manuel Constantino às 11:50

02
Mai 12

A coisa só agora começou. Depois do sucesso de ontem da cadeia de supermercados Pingo Doce é de aguardar com expectativa a resposta do seu mais direto competidor, o Continente.

publicado por José Manuel Constantino às 11:23

Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
18
19

20
21
22
26

27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Autor: JOSÉ MANUEL CONSTANTINO
pesquisar
 
blogs SAPO